quinta-feira, 9 de junho de 2011


# -             teu silêncio                                                   29-4-2011 p.rorato

teu silêncio me distancia do calor,
me atira em tempestades turbulentas,
me oprime com dolorosas incertezas...

teu silêncio é amargo, venenoso, intragável,
escuro como a mais profunda cegueira ,
companheiro das desilusões e dos terríveis pesadelos...

ah!- teu poderoso e opressor silêncio!...



-vai aos poucos me anulando nos mais distantes e longínquos horizontes...

Nenhum comentário:

Postar um comentário