sábado, 26 de janeiro de 2013

pelos re-mares do eu.

divagar em vagares,
navegar só e só a navegar
na nave que singra
nu rumo indicado pela bússola-armadilha
a apontar oscilante
um só destino no imenso mar
-a deserta ilha da Solidão-
e seu incerto porto-praia do incerto chegar...