terça-feira, 3 de setembro de 2013

por acaso no ocaso... exercício de meditação...série solitudine.

aos pés dos pés os céus aos céus...
eu só.

sim, eu... em sol.

repete em seus passeios memórias trans-marítimas
arrítmicas do não vivido...

peço...oro...despeço...dispenso...disperso...
sons perdidos passeiam pelo eu.

enquanto não cai de vez o encanto da noite
e entanto, ainda em mim, o espanto rimando
repete em ecos em mim enfim o quase silêncio.