segunda-feira, 16 de setembro de 2013

gratidão

meus amanheceres
meus amanheceres são tão ricos...
desperto com o canto disperso dos pardais, bem-te vis,
rolinhas, tetéus, beija-flores
e mais uma ruma de conversas caninas, galináceas,
o marulho sussurrado lá em baixo, no sopé destas dunas,
e mais
alpinos, iluminados,transportados acompanhamentos sonoros da Nova-Era, trazidos pela generosa rádio Universitária local.
Cuido primeiramente da alimentação dos agregados e visitantes,
ajeito o espaço e higienizo o lar enquanto
o café é preparado.
Meus ricos amanheceres dispensam outros valores e,
com toda essa riqueza,
me resta no coração,
profundos agradecimentos
à Milagrosa Vida.