quarta-feira, 15 de maio de 2013

dodecassônico. 15.5

meus? versos! dispersos em
ins, res, sóis 
pelo reverso das rimas,
arrimo inverso
desalinhado pelas tortas linhas,
disrítmico rabisco
em perdidos rebuscados
                             incomuns compassos
frios, estéreis,
convexos em descompassos
no encontro da rima pobre,
claves e pautas desatinadas 
em nada,
em ré, em dó, lá ou fá
sonando improvisos imprevistos em mim...