sexta-feira, 10 de junho de 2011

# -  No caldeirão da bruxa.    2010.maio 

a vida fervilha a minha volta
e eu-  como uma rolha,
bóio perdido nessa agitação;
não me introduzo na sopa
nem me dissolvo em sua composição,
em seus sabores;
-ela já toda preparada,
pronta pro consumo!
-e eu, já pronto pro descarte...




Nenhum comentário:

Postar um comentário