sexta-feira, 10 de junho de 2011

# - -  Liquidificando                               4.2011

-perdão, pobre alma!...tão perdida
tão distante das verdades,
esquecida pelos cantos abandonados da saudade...
-obscura alma!... enfraquecida
pelo veneno das tristezas - tomado sempre
e aos poucos!...
-alma semimorta, miserável, sem orações ou esperanças!...
-alma agonizante , agora...e para sempre.!
..................................
-mas qual o quê!...estou é à-toa,
coçando o saco e,
por não ter mais o que fazer,
fico inventando falsos sofrimentos,
infindas amarguras,

maltratando o bem-estar,

crucificando e liquidificando as palavras...


.


Um comentário: