sexta-feira, 10 de junho de 2011

# - Congestionamento

Sinto trancada a Alma
no cruzamento tumultuado de uma esquina
tenho trancado o Corpo
em lembranças ora apagadas
ora esquecidas
tenho o Destino trancado
atrás das portas que não ousei abrir...
tenho guardado o Vazio
e vazios os guardados
desde que me foram roubadas


as Esperanças...                                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário