sexta-feira, 10 de junho de 2011

 # - - As cores de Frida Kalo não são cores,
são dores transmutadas!
são perfeições atropeladas e
renascidas por milagres...
são delicadezas torturadas,
perfeições reconstruídas,
esperanças renascendo de tenebrosos desenganos.
Os quadros de Frida são a Verdade transfigurada


que só se revela no Absoluto.                               P.rorato. 30.3.2011


Nenhum comentário:

Postar um comentário